A melhoria das preparações histo e citopatológicas a nível europeu, que é o objetivo do projeto TASTE, terá de estabelecer parâmetros bem definidos, pois temos de reconhecer que nenhuma preparação pode propriamente ser definida como “perfeita”.

Neste sentido, o projeto tem como objetivo atingir um “nível aceitável”, ou seja, preparações que permitam diagnósticos confiáveis e reprodutíveis.

Testes/exemplos de artefactos que impedem diagnósticos corretos são aqui apresentados. A lista dos artefactos que podem induzir a erros onde incide a nossa atenção (e respetivos exemplos) é a seguinte: